Como contratar intérpretes

 

Entenda qual a modalidade de interpretação ideal para melhor atender sua necessidade e  esclareça dúvidas relacionadas ao intérprete-coordenador, locação de equipamentos, cabines, e eventos com mais de uma língua estrangeira, entre outros aspectos.

 

Intérprete APIC

Quais são as modalidades de interpretação?

A interpretação pode ser feita nas seguintes modalidades, segundo suas necessidades e circunstâncias:

  • Interpretação simultânea

Também conhecida como tradução simultânea, esta é a forma mais usada quando se trata de evento com público – seja uma conferência com vários oradores, uma palestra, etc. Nesta modalidade, os intérpretes ficam numa cabine com isolamento acústico e recebem em seus fones o som original do orador, o qual também é transmitido pelos alto-falantes da sala. Os intérpretes traduzem simultaneamente o orador em microfones, cujo sinal é retransmitido por emissora de rádio para a sala. Os membros da plateia recebem pequenos receptores dotados de fones e ouvem a tradução. Quando o orador fala na língua do participante, este retira os fones e ouve o som pelos alto-falantes. Nas conferências com mais de uma língua sendo traduzida, há uma cabine para cada língua estrangeira. A interpretação é uma  atividade que requer altíssimo grau de concentração, por isso os intérpretes trabalham em duplas, se revezando em períodos de 20 a 30 minutos.

A interpretação simultânea também é indicada reuniões com um número restrito de participantes, mediante o uso do mini-equipamento portátil de tradução simultânea. Como este equipamento dispensa a cabine, o intérprete ouve o orador e fala num microfone conectado com os fones de ouvidos usados pelos ouvintes. Funciona muito bem e agiliza a reunião ou visita a fábricas, plantações e locais abertos.

AnnaLuiza

  • Interpretação Consecutiva

Esta modalidade se aplica em reuniões com poucos participantes, pequenos discursos, jantares, recepções ou acompanhamento de estrangeiros. O orador fala, faz uma pausa e o intérprete toma notas e  traduz o que foi dito. Este procedimento consome o dobro do tempo da modalidade simultânea e no Brasil costuma ser usado em reuniões de no máximo 2 horas de duração.

A interpretação consecutiva também pode ser usada para acompanhamento pelo intérprete em visitas de autoridades, ou visitas a locais como fábricas, instalações militares, etc. O intérprete traduz em modo consecutivo, isto é, sem nenhum equipamento, ao longo da visita.

  • Interpretação Sussurrada ou Cochicho

Esta modalidade é usada em reuniões fechadas, onde no máximo duas pessoas necessitem de interpretação. O intérprete senta-se atrás dos ouvintes e lhes sussurra, simultaneamente, a tradução. Nesta modalidade pode-se também usar dois intérpretes, ou o intérprete único traduz sussurrando simultaneamente num dos sentidos e no outro.

  • Interpretação Intermitente

É uma modalidade normalmente utilizada em reuniões pequenas, acordos comerciais ou conversas informais. Consiste em traduzir tanto o idioma de origem quanto o de destino. O orador diz apenas algumas frases e faz uma pausa para que o intérprete traduza. É denominada também de “sentence-by-sentence” ou “ping-pong”.

O que faz o intérprete coordenador ou consultor ?

É aquele que analisa a grade do evento e ajuda seu cliente a organizá-la. Por conhecer o perfil e a classificação linguística dos colegas membros da APIC, ele é capaz de otimizar a equipe de intérpretes para que tudo transcorra de uma forma harmoniosa, com alto desempenho e, quando possível, minimizando os custos relacionados ao evento. A ele também deve ser fornecido o material do evento, sobretudo as apresentações dos oradores, para que os intérpretes possam estudá-las antecipadamente.

Quantas cabines devo contratar?

Muito simples: o número de cabines é igual ao número de idiomas de seu evento, menos um. Por exemplo, digamos que seu evento terá oradores ou ouvintes em Português, Inglês e Espanhol. Serão necessárias duas cabines, pois a terceira língua, seja qual for, é a do palestrante, que será ouvida pelos alto-falantes da sala. Leve em conta que nem sempre é necessário contratar uma cabine insonorizada. Em certas situações, que ocorrem em ambientes pequenos onde não há espaço para uma cabine, o contratante pode requerer que o intérprete esteja ao lado do orador. Nestes caso, faz-se uso de equipamentos portáteis, que dispensam o uso da cabine. Veja mais informações de interesse no nosso Guia Prático para a Contratação de Equipamentos de Tradução Simultânea.

Preciso contratar cada um dos intérpretes?

Não é necessário. Contrate um intérprete, que se encarregará de convidar os demais segundo suas áreas de especialidade e disponibilidade. Esse é o  intérprete coordenador – é responsável pela montagem da equipe e por seu bom funcionamento. É a ele que você deve, sempre que possível, fornecer o material do evento, sobretudo as apresentações dos oradores, para que os intérpretes possam estudá-las. O conhecimento antecipado do assunto e do vocabulário de seu evento vai contribuir para uma melhor qualidade da interpretação. No Diretório de Intérpretes você encontra a lista completa de intérpretes da APIC com seus idiomas de trabalho, telefones e e-mail.

http://www.dreamstime.com/royalty-free-stock-photo-wireless-multi-language-headphones-set-chairs-conference-room-monochromatic-image36004095

Preciso contratar o serviço de locação de equipamentos de tradução simultânea e os intérpretes em conjunto?

Isso não é absolutamente necessário, pois são serviços totalmente diferentes. Seu intérprete coordenador poderá lhe fornecer uma lista de firmas de sonorização confiáveis às quais você poderá pedir orçamento.

Como é feita a cobrança do serviço de intérprete de conferência?

O valor do serviço de interpretação depende de diversos fatores, tais como combinação linguística, número de salas, duração do programa. O intérprete-coordenador é a pessoa mais indicada para explicar esses detalhes ao contratante.

Em linhas gerais, o dia de interpretação é contado em seis horas, descontada a pausa de almoço. Horas suplementares são cobradas à parte. Se você precisa contratar interpretação fora das capitais, é  prática, tal como em todo o mundo,  o organizador arcar com as despesas de transporte e alojamento dos intérpretes. Se o deslocamento para a cidade do evento for no dia anterior ao começo deste, e o retorno em dia posterior, são geralmente cobrados lucros cessantes para cada um desses dias.

Como me assegurar da qualidade da interpretação?

Se você é um usuário regular de interpretação, certamente já tem um intérprete coordenador ou uma equipe na qual confia. Mas se está contratando esse serviço pela primeira vez, ou se não ficou satisfeito com a qualidade da interpretação em seu último evento, aqui vai uma dica: o caminho mais seguro para garantir a qualidade dos serviços prestados é contratar um intérprete profissional membro da APIC. Para se associarem, nossos membros efetivos provaram, no mínimo, 200 dias de trabalho em cabine e foram apadrinhados por membros veteranos com quem fizeram trabalho em cabine. Além disso, nossos intérpretes seguem o código de ética e o regulamento da Associação, seja na cabine ou fora dela.