Como se associar à APIC

http://www.dreamstime.com/stock-photo-take-notes-conference-image19585320

Reconhecida hoje como uma Associação cada vez mais representativa dos intérpretes profissionais, a APIC dispõe de duas formas para receber novos membros:

  • candidato a membro – é necessário ter domínio de, no mínimo, 2 (dois) idiomas, comprovar 50 (cinquenta) dias de trabalho como intérprete profissional em cabine, ser indicado por 3 (três) membros efetivos (padrinhos) e contar com um tutor até sua efetivação na Associação. Saiba mais
  • membro efetivo/correspondente – é necessário comprovar 200 (duzentos) dias de trabalho como intérprete profissional em cabine, ter domínio de 2 (dois) ou 3 (três) idiomas e ser indicado por 4 (quatro) ou 5 (cinco) membros efetivos (padrinhos), seguindo as normas da Classificação Linguística e Apadrinhamento. Saiba mais

As candidaturas a novos membros são avaliadas pela Comissão de Admissão e Classificação Linguística (CACL), órgão independente da APIC, responsável por revisar os documentos apresentados e a classificação linguística do candidato. Após esse processo, a Assembleia Geral Ordinária (AGO), realizada duas vezes ao ano pela APIC, submete o nome do candidato à aprovação de todos os membros.

Documentação e Prazos

As inscrições devem ser feitas mediante preenchimento de formulários e apresentação da documentação comprobatória acima discriminada á Secretaria da APIC, e seguem as datas previstas no Calendário, podendo ser feitas em dois períodos:

– 1º Semestre: até dia 30 de junho
– 2º Semestre: até dia 20 de dezembro

Cabe aos candidatos a membros e aos membros efetivos/correspondentes, cumprir os direitos e deveres previstos no RegulamentoCódigo de Ética e nos Estatutos Sociais.